25.5.15

Manchetes do Mês Passado - II

Olá, leitores.

Segue mais algumas notícias do mês passado... Aos poucos vamos chegar nos dias de hoje :).

-

28 de abril de 2015

WhoWhatWhy*: "Quem Quer Ser um Milionário? Edição da Reconstrução do Afeganistão"

Esta matéria comenta um relatório do SIGAR, que é o escritório responsável por fiscalizar as obras de reconstrução no Afeganistão, e que já revelou bilhões de dólares em desvios e mau uso do dinheiro público. Esse relatório é sobre a construção cancelada de um abatedouro, que foi mal planejado e não atenderia às necessidades da população local. A empresa contratada para construir recebeu 1,5 milhões de dólares para construir "parte de uma parede, um poço d'água e uma coluna para uma guarita". Essa empresa está pedindo um adicional de 4,3 milhões de dólares pelo trabalho já realizado. O assunto da reconstrução do Afeganistão (e Iraque) será alvo de outros posts...


Um estudo do Brookings Institute "prova" que "dor, preocupação, tristeza e raiva" estão mais presentes entre os mais pobres que os mais ricos.


29 de abril de 2015


Zero Hedge: "Os Mercados Financeiros Controlam Tudo Agora"

Um post do blogger Charles Hugh-Smithque denuncia constantemente o absurdo que foi a reação dos governos à crise de 2008. Nessa crise, diversos bancos gigantes ficaram à beira da falência e foram salvos por medidas "extraordinárias" que se tornaram normais (e que custaram bilhões aos cidadãos). Destaquei esse post por conta da analogia que ele fez: em Yellowstone, a famosa reserva florestal dos EUA, a floresta acumula galhos e folhas mortas que eventualmente pegam fogo, num processo natural. No entanto, os guardas começaram a apagar o fogo muito cedo, o que causou um acúmulo dessa matéria morta e seca na floresta. Um dia, é claro, um incêndio fugiu do controle por conta do nível anormal de matéria seca. A analogia é que o sistema financeiro também cria "matéria morta", ou seja, bancos que estão podres, falidos, e que devem sair do sistema. No entanto, o enorme poder político dos bancos gigantes fez com que eles se salvassem, porém as partes podres continuam no sistema. Isso vai resultar numa catástrofe incontrolável no futuro, como foi o incêndio em Yellowstone em 1988.

The Intercept: "O Caminho de Tamerlan Tsarnaev para o Extremismo Marcado por Contatos com o FBI"


O julgamento de Dzhokhar Tsarnaev, acusado do atentado na Maratona de Boston de 2013, que começou em março deste ano, gerou diversas matérias (ele foi condenado à morte em 15 de maio). Nesta, é apontado que o irmão de Dzhokhar, Tamerlan, que morreu na perseguição que se seguiu ao atentado, teve diversos contatos com o FBI, incluindo entrevistas e possivelmente um trabalho como informante. É uma das facetas intrigantes do caso. Quando o atentado aconteceu, eu fiquei a semana inteira (do atentado até a prisão dos suspeitos) grudado na CNN e nos sites e fóruns alternativos. Posso dizer que esse atentado, como inúmeros outros, tem uma história mais complexa do que o noticiado, e que envolve agências como o FBI e a CIA. Vai ser assunto de um post também...

Washington's Blog: "Os EUA Vaporizaram as Ilhas Marshall e Fizeram Experimentos Humanos em Seus Nativos"

Neste post, o Washington's Blog chama atenção para um novo documentário "Nuclear Savage", que investiga um projeto secreto de teste de radiação em seres humanos que se passou com os habitantes das Ilhas Marshall entre 1946 e 1958. O trailer chama atenção para o modo como os habitantes das ilhas foram descritos para a audiência estadunidense em 1957: "selvagens".

Viomundo: "Paulo Pimenta: 'Curiosamente, a Zelotes Não é Notícia"

A Operação Zelotes descobriu um esquema multibilionário de sonegação de impostos e pagamento de propinas - os valores são maiores que o da Lava Jato, muito maiores que o do Mensalão - e, no entanto, a cobertura da mídia é totalmente desproporcional. Por que? Bem, não há muitos petistas envolvidos na Zelotes, mas lá estão bancos, a Globo, etc...

Viomundo: "Fátima Oliveira: A carnificina (ou seria genocídio?) de jovens negros no Brasil"

Nesta nota, Fátima Oliveira chama atenção para os resultados da CPI da Violência contra Jovens Negros e Pobres, que, sendo liderada por um petista e tocando num assunto muito espinhoso, também não recebeu cobertura da mídia. Os dados chocam. A impunidade dos agentes policiais sempre foi conhecida, mas essa CPI deu uma informação mais precisa: em apenas 5% das chacinas se estabelece um inquérito.

-

*: WhoWhatWhy é um site de mídia alternativa fundado por Russ Baker. Ele foi um jornalista mainstream que, quando pesquisou a vida de George W. Bush para um livro, mudou totalmente de opinião sobre o que era coberto pela mídia, e sobre a própria história dos EUA. O título do livro acabou ficando como "Família de Segredos: A Dinastia Bush, O Governo Invísivel da América e a História Oculta dos Últimos Cinquenta Anos" (Family of Secrets: The Bush Dynasty, America's Invisible Government, and the Hidden History of the Last Fifty Years). É excelente, quando terminar de ler também vai ser assunto de um post.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Locations of Site Visitors